Página /  informações em fase de atualização.

Em caso de dúvidas, entre em contato com Marcilio Manzan - (11) 4156-9384


Os cursos técnicos da Escola SENAI são constituídos por: 

 

Fase Escolar: 1500 horas para o Curso Técnico em Eletroeletrônica e o Curso Técnico em Eletromecânica com duração de 2 anos letivos cada curso.

 

• Vivência Profissional (Opcional): de 400 a 1500 horas realizadas em no máximo 2 anos e no mínimo 6 meses com  no máximo de 30 horas semanais. 

Para as habilitações em questão, exige-se que a duração do estágio, seja no máximo igual à duração do curso em horas (1500 horas), ou ao valor de horas restantes do curso, quando realizado de forma posterior ao início deste.

Preferencialmente, deverá ser realizado ao longo de todo curso. Em caráter excepcional, o estágio pode ser realizado em etapa posterior aos demais componentes curriculares do curso, em conformidade com o comunicado CO-DITEC 001/14, que descreve: 

4 - A vivência terá uma parte de fundamentação teórica, com carga horária de 80 horas, e uma parte de prática profissional, correspondente ao estágio profissional supervisionado na empresa concedente.

4.1 - No caso de realização de Vivência Profissional de forma concomitante ao curso de Aprendizagem Industrial ou Técnico ou Qualificação Profissional, a carga horária da Vivência não poderá ultrapassar a carga horária do outro curso.

4.2 - Na hipótese de Vivência Profissional iniciada durante o outro curso, o limite estabelecido no item anterior será reduzido, em função da carga horária remanescente do outro curso.

4.3 - No caso de realização de Vivência Profissional após a conclusão do curso de Aprendizagem Industrial ou Técnico ou Qualificação Profissional, a carga horária do estágio será de 400 horas, podendo - a partir de análise realizada pela escola SENAI em relação à prática profissional proporcionada pela empresa concedente - chegar ao máximo de 800 horas. 

A supervisão de estágio é feita pela empresa, no próprio local de trabalho do aluno e pelos técnicos de ensino do SENAI.

Conforme Lei 11788/08, o Termo de Compromisso de Estágio, celebrado entre o estudante, a empresa e a instituição de ensino e a obediência a todos os artigos da lei, não gera vínculo empregatício. Portanto, há isenção de encargos sociais e trabalhistas. O recesso remunerado prevê o pagamento no mesmo valor da bolsa auxílio, sem adicionais.

 A Escola SENAI “Suzana Dias” dispõe de Coordenação de Estágio para a divulgação de vagas, orientação a empresas e alunos, sem nenhum custo para a empresa.

 

Vantagens 

• Para o aluno: Possibilita a integração entre a escola e o mercado de trabalho, permitindo o seu ingresso nos meios profissionais e empresariais e, a sua vivência com a realidade da profissão.

 

• Para a empresa: Descobrir jovens talentosos. Uma oportunidade de avaliar e preparar o estudante que poderá tornar-se um futuro profissional da empresa, sem necessidade de um longo período de adaptação ao trabalho.

 

• Para a escola: Oportunidade de ampliar o intercâmbio escola-empresa e obter subsídios para a organização curricular e conteúdos programáticos do Curso Técnico, colaborando para atender as empresas na formação de profissionais.

 

 Procedimento para iniciar o estágio 

• O aluno só deverá dar início no estágio quando tiver o contrato assinado pela empresa e pela escola.

 

• O aluno de posse do contrato assinado pela empresa deverá dirigir-se à Coordenação de Estágio para a assinatura do contrato e receber orientações.

 

• Em caso de dúvidas entrar em contato com o Coordenador de Estágios da escola nos telefones: 4156-9350 / 4156-9351 / 4156-9384, ou e-mail: marcilio@sp.senai.br